Memórias de um ser urbano, por Iluá Delollo

Desde que me entendo por gente, me rendo aos encantos da noite. Nunca deixei de apreciar a hipnotizante luz do luar, o brilho tímido das estrelas, os sons quase inaudíveis e a atmosfera misteriosa. Durante algum tempo, vivenciei a vida noturna e fiz parte desta paisagem obscura. Encontrei pessoas com as quais me identificava e que também apreciavam esta beleza não compreendida.

Aos fins de semana, as reuniões tornaram-se indispensáveis, já que o objetivo de todos era a diversão. Nosso lema era aventura a qualquer custo. Não importava se subíamos em construções só para ver a cidade de outro ângulo, assistíamos ao nascer do sol de lugares diferentes a cada dia, ou se nos encontrávaos em um tabuleiro de Ouija. Para nós, não bastava sair nos lugares da moda e ampliar nosso círculo social, precisávamos conservar nosso espírito audaz, que muitos perdem após a infância. A felicidade consistia no prazer que as coisas simples da vida nos proporcionavam. Éramos um grupo tão unido que, muitas vezes, tínhamos uma enorme sensação de empatia. Foram bons tempos.

Esses bons tempos levaram a crer que a luz de cada um está em seu interior, independente dos elementos físico. Hoje, a velhice me traz a obscuridade interior, esperando que os anjos me levem aos céus e que a morte resgate o estado de espírito da juventude, voando por entre a escuridão.

 

Bom, pessoal, esse foi o terceiro texto do Conto do Galo… E aí, gostaram? Esse aqui é de uma outra grande amiga minha, que pode até mesmo entrar parao corpo de jurados para a publicação dos melhores textos. Bom, parâmetro para isso deu para perceber que ela tem, não? Bom, pessoal, por hoje é só isso mesmo… o melhor para todos vocês sempre e até mais!

3 comentários:

Sim, sim, ela tem parâmetros p/ tal. Parabéns, Autora Desconhecida! XD
Caio, eu fico muito honrada com o seu convite e aceito escrever algo para o blog. Mando por e-mail mesmo?

Aguardo a sua resposta.

www.hoppipollablog.blogspot.com

Nossa, seria uma honra escrever para o blog!

Sua amiga está de parabéns, sou apaixonada por textos urbanos, talvez por ser da "roça" (rsrs), a cidade de São Paulo me encanta. A jovialidade, as maluquices, tudo!

Bom, amei a proposta, podemos conversar por email, estou lá direto. (rhabelloti@gmail.com)

Beijo. [seguindo]

Achei um dos melhores textos que já vi. Parabéns. Muito bom mesmo. Continua assimc ara, o blog ta muito massa.

Sobre o Conto do Galo

O Conto do Galo é um blog de contos, crônicas, reflexões e opiniões, mas não é o blog de uma só pessoa. A proposta principal aqui, para além de publicar meus próprios textos, é dar a chance a quem tem talento de ganhar um pouco mais de visibilidade, mesmo que essa pessoa já tenha um certo número de pessoas que conhecem seu trabalho. Publicar textos, dando o devido crédito, a gente que merece esse espaço para se expressar. É um espaço livre para opiniões, dissertações e tudo o mais. Espero contar com o apoio de todos vocês nessa nova empreitada!

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget